Jaru Top Festas

Governo lança programa para oferecer almoço a R$ 2 em restaurantes de Porto Velho

Programa Prato Fácil visa oferecer refeições em restaurantes ‘conveniados’ com preço acessível. Veja quais restaurantes foram credenciados.

A Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) lançou nesta segunda-feira (10) o programa Prato Fácil, que visa oferecer refeições em restaurantes ‘conveniados’ com preço acessível em Porto Velho. O valor por cada refeição será de R$ 2 (veja abaixo as empresas credenciadas no programa).

Segundo a Seas, o fornecimento de alimento será, inicialmente, feito por cinco restaurantes da capital. Todos eles devem fornecer comida em quantidade e qualidade, suficientemente e nutricionalmente de forma adequada.

Os cardápios desses restaurantes vencedores da licitação deverão incluir, obrigatoriamente, saladas cruas e cozidas, pratos proteicos, guarnições e prato base.

Qualquer pessoa pode comprar refeição no programa Prato Fácil?

Não, as refeições com preço acessível só podem ser adquiridas por pessoas cadastradas no CadÚnico.

Quem se cadastrar no CadÚnico a partir de agora, conforme decreto, só poderá se beneficiar do Prato Fácil daqui a 60 dias.

Qual será o horário de fornecimento das refeições?

De acordo com o decreto da Seas, o almoço vai deve ser disponibilizado à população entre 11h e 15h, nos 22 dias úteis de cada mês. É facultativo que o restaurante credenciado abra no feriado.

Aos fins de semana não serão oferecidas refeições pelo programa Prato Fácil.

Como será o fornecimento das refeições?

Segundo o governo de Rondônia, os restaurante credenciados poderão disponibilizar refeições para viagem (em marmitas descartáveis) e consumo no local.

Em caso de consumo no próprio estabelecimento, a empresa deve seguir as normas sanitárias e distanciamento social durante a pandemia.

Quais restaurantes estão credenciados no programa?

  • Restaurante Vista do Madeira, localizado na Travessa Belizário Pena, n° 191, bairro Triângulo;
  • Portal Eventos, localizado na BR 364, km 5, sentido Cuiabá;
  • Restaurante Norte Sul, localizado na rua da Beira, n° 6191, bairro Lagoa;
  • Semprebom Restaurante e Café, localizado na avenida Campos Sales, n° 2645, Centro;
  • Restaurante e Churrascaria do Gaúcho, localizado na avenida José Vieira Caúla.

Contrapartida do governo

Segundo a Seas, o cidadão vai pagar R$ 2 pela refeição e o restante do valor será contemplado por subsídio do estado, através do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza de Rondônia (FECOEP/RO).

O governo vai pagar R$ 11,21 quando a refeição é para viagem e R$ 13,13 para o consumo local, “ambos correspondentes ao almoço e suco natural de polpa.

Ainda segundo decreto, o usuário do programa terá que mostrar documento de identidade (emitido por órgãos da segurança pública) para poder adquirir a refeição por R$ 2. O restaurante fica responsável em consultar se a pessoa é cadastradas no CadÚnico.

O contemplado com o programa só pode adquirir uma refeição por dia, sendo assim proibido adquirir mais de uma refeição social por dia.

G1 RO

Atenção: O jarutopfestas não se responsabiliza pelos comentários postados. Viu algum comentário que promova ofensa, racismo, calúnica, xingamento e qualquer algo do gênero? Por favor entre em contato e denuncie

Veja Também