Vídeo e fotos íntimas de musa do galo caem na net e ex é suspeito




A modelo Isabella Oliveira, 21, representante do Atlético Mineiro no concurso Musa do Brasileirão, afirma ter sido estuprada por um empresário que mora em Belo Horizonte. O homem teria inclusive filmado o crime e divulgado as imagens. Ernane, 36, – que preferiu não ter o sobrenome revelado – teria compartilhado as imagens via WhatsApp (aplicativo de mensagens instantâneas) no último fim de semana, dias após a jovem ter sido eliminada da disputa realizada pelo programa “Globo Esporte”. O suspeito de pornografia de vingança nega as acusações.

isabella oliveira nua caiu na netO portal o tempo teve acesso às mensagens enviadas do celular do homem – que solicitou anonimato –, nas quais a modelo é ameaçada. O aparelho é o mesmo utilizado pelo empresário para entrar em contato com a redação. “Melhor você não fazer barraco no Face, porque vou postar no meu”, informa uma das mensagens enviadas para Isabella. Em outra, ele teria escrito: “Vai pagar um preço que não precisava. Agora, é tarde”.

Em conversa exclusiva com a reportagem, Isabella diz que o empresário foi motivado por vingança. “Eu não queria mais nada, e ele me ameaçava com os vídeos”, informou Isabella via WhatsApp, completando: “Não cedi à pressão da chantagem, e ele expôs (as imagens). Eu provo isso. Tem até chantagem sexual”. A modelo ainda garante que, em algumas cenas, estava completamente dopada e que não se lembra de ter permitido ser filmada.

O escritório Fernandes e Ferreira Advogados Associados, que a defende, conta que, na última sexta-feira, a cliente teria registrado um boletim de ocorrência na Delegacia de Mulheres de Belo Horizonte e, na última segunda-feira, em uma delegacia de crimes virtuais.

Outro lado. A versão do suspeito é diferente. Ele nega que tenha sido namorado de Isabella e afirma ser o responsável pelo término dos encontros entre os dois porque ela se relacionava com outro.

“Eu ficava com ela, mas ela ficava com outros”, explicou. Ele garantiu que levou a modelo quatro vezes aos Estados Unidos e custeou algumas cirurgias plásticas dela. O empresário afirmou que a modelo teria tentado extorqui-lo, que ele também procurou a polícia e que não queria mais ficar com ela.

“Tenho uma conversa na qual ela fala que postou os vídeos, que os vídeos iam levá-la para a ‘Playboy’ e me pedindo para fazer um acordo em R$ 100 mil para acabar com o assunto”, garantiu, via telefone.

Eliminação
“Irregularidades”. A assessoria de imprensa do concurso informou apenas que Isabella foi desclassificada da semifinal porque “foram constatadas irregularidades na votação” da candidata.

Família sabia da existência das imagens

Além de exibir conteúdo pornográfico, os vídeos gravados na casa do empresário mostram Isabella Oliveira declarando que a família sabe da existência das imagens. Questionada pelo parceiro se poderia postar as imagens, ela diz, durante as gravações, que não há problemas, desde que fosse no Facebook dele.

Ernane ainda revela que as imagens foram registradas em dias diferentes e que todas as cenas foram precedidas de consumo de bebidas alcoólicas. Advogado da modelo, Yuri Fernandes se limitou a responder o que consta na ocorrência. Parte do processo tramita em segredo de Justiça.

Fonte: Portal O Tempo


top festas

© 2012 - Administrado pela Rox Hospedagem - Todos Direitos Reservados.