Jaru Top Festas
queimada é crime

Lazinho da Fetagro propõe ao Governo do Estado redução da jornada de trabalho para a enfermagem

O deputado estadual Lazinho daFetagro (PT) apresentou proposta ao Governo do Estado e à Secretaria Estadualde Saúde para que seja adotada jornada de trabalho de 30 horas semanais aos enfermeiros,técnicos e auxiliares de enfermagem que exerçam as funções no poder público erede privada em Rondônia.

Aredução da carga horária de 40 para 30 horas semanais tem sido uma luta longa ehistórica para categoria da enfermagem. São 19 anos reivindicando essa condição.No Congresso Nacional, Projeto de Lei encontra-se pronto para votação noPlenário da Câmara dos Deputados, tendo recebido todos os pareceres favoráveispossíveis. Mas, diante da demora para da apreciação do projeto e como resultadodessa luta dos profissionais da enfermagem, 10 estados e mais de 100 municípiosjá instituíram a medida.

Odeputado relata que a enfermagem pede socorro, pois estão adoecendo por causada jornada de trabalho desgastante, com alto nível de estresse, e submetidos,ainda, a uma remuneração baixa. Revela que a enfermagem é a única categoriaprofissional que cuida do paciente 24 horas de forma ininterrupta, estandoconstantemente expostos a vários riscos durante a execução das atividades. “Aenfermagem sempre está na linha de frente dos serviços de saúde, e as longasjornadas estão associadas ao aumento de ocorrências adversas na saúde dessesprofissionais e estão levando-os ao adoecimento”, reforçou.

Parao deputado, essa causa é justa. O parlamentar defende que o Estado deveabraçá-la e instituí-la, como muitos estados já fizeram. “A redução para 30horas semanais é recomendada pela Organização Mundial de Saúde, e demonstrasensibilidade, reconhecimento, valorização e respeito a estes trabalhadores. Seráuma conquista que levará a uma melhora na saúde emocional, física eprofissional. A enfermagem é uma profissão que precisa de condições especiaispara uma prática segura não apenas aos pacientes, mas aos profissionaistambém”, defendeu.

Texto: assessoria parlamentar

Atenção: O jarutopfestas não se responsabiliza pelos comentários postados. Viu algum comentário que promova ofensa, racismo, calúnica, xingamento e qualquer algo do gênero? Por favor entre em contato e denuncie

Veja Também