Jaru Top Festas

Jaru: Audiência Pública vai debater reforma administrativa nesta quinta-feira

Acontece nesta quinta-feira (08) das 16 às 18 horas (horário de Brasília – 15 às 17h – horário de Rondônia), uma importante audiência para debater a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 32 que trata a respeito da Reforma Administrativa que, se for aprovada como pretende o Governo Federal, vai trazer uma mudança radical para a classe trabalhadora retirando benefícios conquistados há muitos anos.

Conforme divulgado pelos organizadores, participam da audiência os seguintes órgãos e entidades: Câmara Municipal de Jaru, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaru (SINDSMUJ), Federação dos Sindicatos de Servidores e Funcionários Públicos dos Poderes Executivo e Legislativo Municipais, Autarquias e Fundações dos Municípios do Estado de Rondônia (FESSPMERO); Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Rondônia  (SINTERO);  Confederação Nacional das Carreiras e Atividades Típicas de Estado (CONACATE); Federação Nacional dos Servidores dos Legislativos e Tribunais de Contas Municipais (FENALEGIS); Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e União dos Vereadores do Brasil (UVB).

O evento foi idealizado pelos participantes e, após uma indicação do vereador Carlos Afonso Martins, a Câmara Municipal de Jaru aprovou a participação de membros do poder legislativo local. Com isso, os parlamentares jaruenses da atual legislatura municipal contribuem com o processo democrático e facilitam o debate de um projeto que terá reflexo direto na vida do trabalhador brasileiro.

Devido à pandemia, o link da audiência estará aberto a toda a sociedade por meio de videoconferência, via aplicativo Zoom, evitando assim qualquer tipo de contato físico. O acesso será através do link: https://us02web.zoom.us/j/85809935057.

Fonte: Assessoria

Atenção: O jarutopfestas não se responsabiliza pelos comentários postados. Viu algum comentário que promova ofensa, racismo, calúnica, xingamento e qualquer algo do gênero? Por favor entre em contato e denuncie

Veja Também