Jaru Top Festas

Homem confessa que matou travesti e diz ter sido enganado pela vítima

O delegado acrescentou que o suspeito alegou legítima defesa, mas os vestígios e as informações investigativas contradizem a versão dele.

O autor da morte de uma travesti na cidade de Querência (945 km ao Nordeste) foi preso na manhã desta terça-feira (30), pela Polícia Civil. O suspeito, Samuel Almeida Matos, 19, foi autuado por homicídio qualificado por meio cruel, pelo assassinato de Osmanilson da Silva de Aguiar, 29, nome social: Lorraine.

O corpo da vítima foi encontrado na manhã de segunda-feira (29.10), no chão do quarto de sua residência, no bairro Setor F, por sua mãe, despida e sem vida. No local havia muito sangue e foram verificadas nove perfurações de arma branca (faca), em diferentes regiões do corpo da vítima.

Durante diligências ininterruptas para apurar a ocorrência, os investigadores de Querência conseguiram identificar Samuel, como autor do crime. Ele foi surpreendido em uma residência e na abordagem demonstrou muito nervosismo.

Conduzido à Delegacia de Polícia de Querência, o jovem foi interrogado pelo delegado Michael Mendes Paes, e assumiu o crime. Em depoimento, ele alegou ter praticado o homicídio em razão de ter sido enganado pela vítima.

“Em poder do preso foi apreendido o aparelho celular da vítima, subtraído pelo mesmo após cometer o assassinato. As investigações continuam para saber se houve outros pertences da vítima levados após sua morte, como dinheiro, por exemplo”, afirmou o delegado Michael Mendes Paes.

O delegado acrescentou que o suspeito alegou legítima defesa, mas os vestígios e as informações investigativas contradizem a versão dele.

Após a confecção dos autos de flagrante de natureza homicídio qualificado por meio cruel, Samuel foi apresentado em juízo, o qual homologou a prisão em flagrante revertendo em prisão preventiva.

 

Fonte: Hiper Noticias

 

Atenção: O jarutopfestas não se responsabiliza pelos comentários postados. Viu algum comentário que promova ofensa, racismo, calúnica, xingamento e qualquer algo do gênero? Por favor entre em contato e denuncie

Veja Também