Jaru Top Festas
queimada é crime

A História da Música em Jaru: Geoni e Geonito

Joaquim de Fátima de Jesus (em memória – Geoni) e Gazinel Pinto de Oliveira (Geonito) formaram a dupla jaruense Geoni e Geonito. Oriundos de Mato Grosso, os cantores chegaram ao município de Jaru no ano de 1984 com o planejamento de um possível repertório musical em mãos. Eles gravaram um único disco de vinil, um compacto duplo (Homenagem a Mato Grosso) em referência ao estado onde o dueto foi originalmente formado. A primeira composição foi “Uma Linda Mulher” e em seguida a dupla compôs “Homenagem a Mato Grosso”, a faixa-título do disco.

Geoni e Geonito compuseram todas as quatro faixas do disco em que gravaram. Gazinel de Oliveira, o Geonito, disse em entrevista ao autor que assim que chegaram ao município de Jaru, ambos conheceram Zé do Disco, um senhor que era proprietário da Loja Santo André, uma empresa que atuava no ramo de confecções e discos que funcionava à época à Avenida JK. Por ter contato com empresas que comercializavam vinis, após ouvir a dupla cantar, Zé do Disco informou-os a respeito da gravadora Itaipu que existia no Estado de São Paulo e intermediou uma possível gravação com os proprietários.

A gravação em São Paulo

Após ouvir uma gravação caseira feita pela dupla em uma fita cassete, o dono da gravadora Itaipu Discos disse que Geoni e Geonito poderiam viajar a São Paulo que o disco seria gravado após a chegada deles à capital paulista. A dupla foi gravar com várias composições prontas, mas, devido à falta de apoio, gravou apenas um compacto duplo em outubro de 1985 e trinta dias depois receberam mil cópias do trabalho fonográfico produzido. Geonito, hoje apenas Gazinel, é conhecido como Nelo, recorda com muita saudade o tempo em que saíram do recém-criado estado de Rondônia para gravarem em São Paulo “Fizemos muitas apresentações em Jaru, em outras cidades de Rondônia e também em Mato Grosso, devido às nossas origens e, especialmente, pela faixa-título do disco ‘Homenagem a Mato Grosso’”.

Pouco tempo depois, em comum acordo, a dupla decidiu se separar devido a problemas com bebidas alcoólicas enfrentado por Geoni (Joaquim de Fátima de Jesus). Com a morte de Geoni, Geonito, que fazia a segunda vez no dueto, continuou no município de Jaru até 2009, quando decidiu fixar residência no distrito de União Bandeirantes (Porto Velho – RO), sem, contudo, desvincular-se do município onde construiu a carreira musical. Gazinel diz que ainda tentou formar dupla com outras pessoas em algumas oportunidades, mas não foi possível devido ao timbre de voz que possuía. 

A publicação da série “A História da Música em Jaru” está sendo possível graças a uma parceria entre os principais sites do município e o escritor Elias Gonçalves Pereira. Os textos serão publicados de 13 de maio a 06 de junho de 2019, data em que o escritor lançará o livro “Um Tratado sobre a Música, a Literatura e a Comunicação Jaruense” nas dependências da Associação Comercial e Industrial de Jaru, a ACIJ. 

As reportagens serão publicadas na seguinte ordem:

01. Destaques das décadas de 1970 e 1980 –13/05/2019 
02. Juca & Marquinhos – Banda Swing & Country– 14/05/2019
03. Pescador & Garimpeiro – Diamante &Garimpeiro – 15/05/2019
04. Jorge Faccini – 16/05/2019
05. Jenival Silva – 17/05/2019
06. Geoni e Geonito – 20/05/2019
07. Idair Ferreira – 21/05/2019
08. Marcos Paulo & Claudney – Banda Los Arcanjos– 22/05/2019
09. Dalberto & Darnel – 23/05/2019
10. Márcio & Messias – Banda Flash Music –24/05/2019
11. Mário & Marquinhos – 27/05/2019
12. Eder & Eder – 28/05/2019
13. Divas Diogo – 29/05/2019
14.Heliane Markes – 30/05/2019
15. Arllan Cardek e BandaMaria Juana – 31/05/2019
16. Gilson Fagner – 03/06/2019
17. Banda Country Music /Albatroz – 04/06/2019
18. Beto Neves – 05/06/2019
19. Banda Pelô Art –06/06/2019

Fonte: Elias Gonçalves
Fotos: Arquivo Pessoal: Marcos Roberto da Silva e João de Souza Rocha
Copyright© 2019. Todos os direitos reservados.

Ouça uma das faixas musicais gravadas pela dupla Geoni e Geonito

Atenção: O jarutopfestas não se responsabiliza pelos comentários postados. Viu algum comentário que promova ofensa, racismo, calúnica, xingamento e qualquer algo do gênero? Por favor entre em contato e denuncie

Veja Também