Jaru Top Festas
queimada é crime

Defesa civil de Jaru alerta população sobre os riscos da baixa umidade relativa do ar; queimadas e poluição são responsáveis pelo fenômeno

A baixa umidade do ar provoca uma série de incômodos para as pessoas. Além de ressecar a pele e as vias aéreas, ela favorece o surgimento de doenças respiratórias. E com o ar seco, aliado ao excesso de queimadas, os riscos à saúde são ainda maiores.

A coordenação da defesa civil de Jaru emitiu um alerta para a baixa umidade relativa do ar, que neste período já chegou a 19%. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a umidade do ar ideal compreende a faixa entre 50 e 80%.

Segundo o coordenador da defesa civil, Zeferino Rodrigues, não há previsão para que a situação melhore. “Enquanto isso a recomendação é sempre manter o ambiente livre para a circulação de ar, bem limpo e sem a presença de objetos que acumulem poeira, como cortinas e carpetes. Também é importante deixar uma bacia com água no quarto durante a noite, para purificar o ar e ajudar na respiração”, disse.

A nutricionista da prefeitura, Lícia Barroso, ressaltou que é fundamental o consumo de líquidos para evitar a desidratação durante os períodos de seca. “Além da água, é bom tomar sucos e chá gelados, e consumir frutas como a melancia, abacaxi e melão. E é claro, quem puder, evite a exposição do sol, de 10h até as 16h. E sempre usar protetor solar e roupas leves”, reiterou.

Fonte: Assessoria

Atenção: O jarutopfestas não se responsabiliza pelos comentários postados. Viu algum comentário que promova ofensa, racismo, calúnica, xingamento e qualquer algo do gênero? Por favor entre em contato e denuncie

Veja Também