Jaru Top Festas

Da igreja: polícia diz que as 09 vítimas da chacina do MT, eram de Rondônia

COLNIZA – MT – Os corpos das nove pessoas que foram assassinadas na chacina que aconteceu na Gleba Taquaruçu do Norte, em Colniza (1065 km de Cuiabá), chegaram na manhã deste sábado (21) no cemitério do Município. Os corpos ainda aguardam pela identificação da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). Os assassinatos aconteceram na última quinta-feira (20).

De acordo com informações da investigadora Elizangela Nunes, os corpos deixaram o local do crime durante esta madrugada, para que pudessem chegar por volta das 8 e 9 horas da manhã.

A região onde aconteceu a chacina fica a 250 quilômetros da sede do Município de Colniza. As condições da estrada são péssimas.

Profissionais da Politec e da Polícia Civil estão no cemitério para identificar os corpos.

Familiares das vítimas e populares aglomeram-se em frente ao local enquanto aguardam o procedimento de perícia. Informações preliminares apontam que as vítimas são todos homens e que são naturais de Rondônia.

Segundo a Polícia Civil, a denúncia da chacina partiu de um homem que trabalha na travessia de barcas da região. Policiais dos distritos de Guatá e Guariba também entraram em contato com os de Colniza relatando o fato.

A principal suspeita da Polícia Civil sobre a motivação da chacina aponta para conflitos agrários e contratação de pistoleiros, uma vez que a região já tem registro de problemas de disputa de terra.

Atenção: O jarutopfestas não se responsabiliza pelos comentários postados. Viu algum comentário que promova ofensa, racismo, calúnica, xingamento e qualquer algo do gênero? Por favor entre em contato e denuncie

Veja Também